Timor-Leste: Ruak vai visitar todos os municípios em janeiro

O primeiro-ministro timorense, Taur Matan Ruak, vai realizar uma visita em janeiro, durante sete dias, a todos os municípios do país. Segundo o ministro da Administração Estatal, Miguel de Carvalho, essa iniciativa visa explicar pessoalmente a situação de Timor-Leste e ouvir as preocupações do povo.

“A visita do primeiro-ministro começará a 07 de janeiro do próximo ano, abrangendo os 12 municípios, a Região Administrativa Especial de Oé-Cusse Ambeno (RAEOA) e o novo Município de Ataúro”, declarou o ministro, citado pela “Tatoli”.

A visita de Ruak tem também como objetivo reunir-se com as autoridades locais, lideranças comunitárias e as populações locais. Serão abordados vários assuntos, entre os quais as eleições presidenciais e o impacto e as soluções do Governo na Covid-19.

“A duração da visita do chefe do Governo é apenas de sete dias, sendo que o diálogo em alguns municípios será de manhã e em outros de tarde”, esclareceu Miguel de Carvalho.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde: Estudantes sofrem com preço da habitação em Portugal

Cabo Verde: Estudantes sofrem com preço da habitação em Portugal

As associações que representam os estudantes cabo-verdianos em Portugal afirmam que a subida do preço de renda das habitações é…
Timor-Leste: Crise alimentar em risco de agravar com El Niño

Timor-Leste: Crise alimentar em risco de agravar com El Niño

O Programa Alimentar Mundial (PAM) alerta que o fenómeno climático El Niño poderá agravar a crise alimentar registada em Timor-Leste,…
Angola: "Trajetória muito positiva" da relação entre Angola e EUA pode levar a cooperação em matéria de defesa

Angola: "Trajetória muito positiva" da relação entre Angola e EUA pode levar a cooperação em matéria de defesa

A primeira visita a Angola de um secretário de Defesa norte-americano serviu para estabelecer “um diálogo anual de defesa de…
Oxford Economics prevê diminuição da inflação em Moçambique

Oxford Economics prevê diminuição da inflação em Moçambique

A consultora Oxford Economics África partilhou que a inflação em Moçambique deverá registar 6,5% em 2023. Esta percentagem representa um…