Mosquito, dengue

Timor-Leste sofre surto de dengue e regista mortes

Timor-Leste está a sofrer um surto de dengue desde o início de 2022. Segundo um relatório do Ministério da Saúde, divulgado nesta terça-feira, 11 de janeiro, e mencionado pela “Lusa”, já foram registadas pelo menos cinco mortes e 262 casos. 

A taxa de mortalidade corresponde este ano a 1,9, quando comparada com a taxa registada em 2021 (1,2) e em 2020 (0,7). Só nas últimas 24 horas houve mais 34 casos. 

De acordo com os dados divulgados pelo Governo, o surto atual de dengue começou no início de dezembro do ano passado, com 225 casos registados nesse mês. Os primeiros e os últimos meses do ano costumam ser a época onde se verifica mais casos de dengue, devido à época das chuvas, altura em que passa a haver mais mosquitos. 

Em 2020 o país registou um total de 1.415 casos e 10 mortes, e em 2021 um total de 901 casos e 11 mortes. 

O mesmo relatório do Ministério da Saúde indica que a quase totalidade dos casos afetam menores de 14 anos, com 47,7% deles registados entre crianças de cinco a 14 anos, 36,3% entre crianças com idades de um a cinco anos e 5,7% entre menores de um ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin