Timor-Leste: STAE regista mais de 855 mil eleitores desde janeiro

O Secretariado Técnico da Administração Eleitoral (STAE) de Timor-Leste registou 855.630 eleitores, inclusive timorenses na diáspora, entre janeiro e outubro deste ano. A informação foi divulgada pelo diretor-geral do STAE, Acilino Branco, à “Tatoli”. 

“O atendimento para o recenseamento eleitoral terminará no dia 14 de janeiro de 2022”, lembrou. Foi também recordado que o STAE vai anunciar as eleições presidenciais com 30 dias de antecedência. 

O Conselho de Ministros aprovou a 04 de agosto a atualização e o recenseamento eleitoral no estrangeiro, além do calendário de operações para as presidenciais do próximo ano. Essa atualização e o recenseamento serão efetuados entre 03 de setembro de 2021 e 14 de janeiro de 2022. 

Quanto à atualização da base de dados e o recenseamento eleitoral em Timor-Leste, ambos começaram a 01 de julho deste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: ICS vai instalar rádios comunitárias em Mocímboa da Praia e Muidumbe

Moçambique: ICS vai instalar rádios comunitárias em Mocímboa da Praia e Muidumbe

Para promover mais o acesso da informação nas zonas rurais, o Instituto de Comunicação Social – ICS, em Cabo Delgado,…
Cabo Verde: PAICV "indignado" com rutura de medicamentos

Cabo Verde: PAICV "indignado" com rutura de medicamentos

O PAICV está “indignado” com a “ligeireza” com que o Governo cabo-verdiano e a Emprofac estão a tratar a situação…
Guiné-Bissau: PRS lamenta a incapacidade do Governo de Nuno Nabiam

Guiné-Bissau: PRS lamenta a incapacidade do Governo de Nuno Nabiam

O Partido da Renovação Social (PRS) lamentou a “incapacidade” do Governo liderado por Nuno Gomes Nabiam em dar resposta às…
Guiné-Bissau: Oposição aponta irregularidades e falta de condições na preparação das eleições

Guiné-Bissau: Oposição aponta irregularidades e falta de condições na preparação das eleições

Os partidos políticos da oposição agrupados no chamado Espaço de Concertação exigem o posicionamento da Assembleia Nacional Popular (ANP) para…