Timor-Leste: Taur Matan Ruak nomeado primeiro-ministro timorense

A Aliança de Mudança para o Progresso (AMP) nomeou Taur Matan Ruak para primeiro-ministro de Timor-Leste, após uma reunião dos líderes da coligação que venceu o escrutínio de 12 de maio e irá formar o novo executivo timorense.  

Xanana Gusmão apoia a indicação de Ruak para PM de Timor-Leste.  

Arão Noé, da comissão de jurisdição da AMP e representante do Congresso Nacional para a Reconstrução de Timor-Leste (CNTR), partido que integra a coligação e que deverá ter o maior número de lugares no parlamento, declarou que os membros que irão compor o próximo executivo timorense serão anunciados brevemente. Noé acrescentou que: “Eu não sou candidato, mas estou pronto para servir como presidente do Parlamento Nacional”.  

De acordo com analistas locais, caso o próximo executivo, liderado pela AMP, venha a ter 42 membros na sua composição, conforme avançado anteriormente pela e-global, estes irão “sobrecarregar” o Orçamento Geral do Estado (OGE). Analistas locais apontam para o facto de que grande parte do OGE será assim destinado a pagar “os salários de ministros, vice-ministros e secretários de Estado”.  

Nesse sentido, Idelfonso Coelho, observador político, recomenda que: “Será melhor que o número de membros do governo seja reduzido para alocar mais orçamento para sectores importantes como a saúde e a educação”. 

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…
Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

O Governo angolano assegurou nesta quinta-feira, 24 de novembro, que vai entregar a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE)…
Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Segundo a Ministra da Saúde de Cabo Verde, Filomena Gonçalves, desde o início de novembro houve um pequeno aumento dos…
Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

A Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) de Portugal já reconheceu as qualificações académicas de cerca de 100 cidadãos ucranianos desde…