Ásia | Timor Leste

Timor-Leste teve Indonésia como principal fornecedor em 2019

Timor-Leste importou no ano passado bens no valor de quase 597 milhões de dólares (527,6 milhões de euros). Segundo o relatório anual do comércio externo, desse valor indicado mais de um terço veio da Indonésia, que é assim o principal fornecedor do país.

Os dados informam que em 2019 o país exportou bens cuja quantia correspondeu a 182,3 milhões (161,1 milhões de euros), um terço com destino a Singapura.

Estes números constam no Relatório de Estatísticas do Comércio Externo de 2019, que foi divulgado pela Direção Geral de Estatística do Ministério das Finanças.

A nível de importações, o valor total registado no ano passado foi então o mais elevado desde 2016. Já as exportações foram a mais altas de sempre, uma vez que começou a ser contabilizado em parte do ano passado o setor petrolífero.

O documento destaca assim Indonésia como o principal fornecedor de Timor-Leste, com as maiores importações de bens daquele país a ocorrerem desde 2015. Os principais bens importados foram combustíveis, que representam 25% do total, seguidos de veículos, cereais, maquinaria, bebidas e ferro.

Depois da Indonésia (37,9% do total) os principais fornecedores foram Hong Kong (16,2%), Singapura (14,6%) e China (14,4%). Já Portugal ocupa o 14.º maior fornecedor, vendendo a Timor-Leste bens no valor de 5,4 milhões de dólares.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo