Timor-Leste: Trabalhadores timorenses enviam mais de 32 milhões de dólares para o país

Os cidadãos timorenses que trabalham na Austrália e na Coreia do Sul enviaram para as famílias, que vivem em Timor-Leste, mais de 32 milhões de dólares (28.454.100 euros) em 2018.

Nesse ano, o Governo timorense enviou 3 mil trabalhadores para a Austrália, sendo esta uma medida que visa reduzir o desemprego e ajudar a melhorar a economia familiar no país.

Segundo o Diretor-geral do Sefope, Paulo Alves, os trabalhadores na Austrália enviaram mais de 2 milhões de dólares (1.778.380 euros) às famílias.

Também os trabalhadores na Coreia do Sul enviaram uma quantia significativa de dinheiro para Timor-Leste, correspondendo o mesmo a mais de 30 milhões de dólares (26.675.700 euros).

No entanto, quando questionado acerca dos trabalhadores timorenses na Coreia do Sul, Paulo Alves reconheceu que existem 200 trabalhadores em situação ilegal em Seul, capital do país. O dirigente apelou aos mesmos para que não cometessem qualquer atitude que viole a legislação local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

BRASIL: No Brasil o ex-presidente Lula da Silva anunciou que sua candidatura será apresentada em abril 

BRASIL: No Brasil o ex-presidente Lula da Silva anunciou que sua candidatura será apresentada em abril 

 O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva definiu que lançará a sua pré-candidatura à Presidência da República no começo de…
Cabo Verde: Instalação do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses na antiga UNICV “permite a realização da justiça de forma célebre e com qualidade” - Joana Rosa

Cabo Verde: Instalação do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses na antiga UNICV “permite a realização da justiça de forma célebre e com qualidade” - Joana Rosa

Segundo Joana Rosa, Ministra da Justiça os benefícios desta nova instalação do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses,…
Entrevista: “Zelensky continua a apelar a uma guerra mundial só para defendê-lo da Rússia”, diz o Major-General do Exército Raul Luís Cunha 

Entrevista: “Zelensky continua a apelar a uma guerra mundial só para defendê-lo da Rússia”, diz o Major-General do Exército Raul Luís Cunha 

O já reformado Major-General do Exército, Raul Luís Cunha, foi Conselheiro Militar do Representante Especial do Secretário-Geral da ONU no…
CABO VERDE: Walter Barros luta contra a criminalidade com o projeto “Believe”

CABO VERDE: Walter Barros luta contra a criminalidade com o projeto “Believe”

O projeto “Believe”, foi criado dentro da cadeia de são Martinho pelo Walter Barros, em novembro de 2017 depois de…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin