Timor-Leste: UE e ONU querem combater violência de género no país

A União Europeia (UE) e a Organização das Nações Unidas (ONU) anunciaram que vão aplicar um milhão de dólares (914 mil euros) do programa ‘Spotlight’ para responderem ao risco de violência contra mulheres no contexto da pandemia da Covid-19 em Timor-Leste.

Segundo um comunicado conjunto, a iniciativa visa fortalecer o compromisso de proteger e de apoiar as mulheres e meninas que vivem no país asiático. Neste sentido, as missões da UE e da ONU concordaram alterar a programação do ‘Spotlight’, lançado este ano em Díli, capital timorense, para “abordar a violência contra as mulheres e as raparigas no contexto da Covid-19”.

Em causa estão “políticas de apoio, ampliação do apoio às organizações da sociedade civil, aumento do envolvimento com o setor de educação e saúde e consciencialização sobre os riscos crescentes de violência contra mulheres e meninas”.

De acordo com o embaixador da UE em Díli, Andrew Jacobs, tal trata-se de “ampliar o apoio às organizações da sociedade civil na linha de frente da resposta, garantindo que os serviços não só ficam abertos, mas também são mais acessíveis aos grupos que muitas vezes são deixados para trás”.

“Nesta crise global sem precedentes e imprevisível, a União Europeia continua empenhada em proteger e apoiar as mulheres em Timor-Leste”, pode ler-se no comunicado.

Por sua vez, o coordenador residente da ONU em Díli, Roy Trivedy, lembrou que a resposta à violência de género “está no centro da programação sobre a resposta à Covid-19” e sublinhou que é da responsabilidade de todos agir.

A prestação de assistência técnica crítica ao desenvolvimento de políticas e programas, incluindo relacionados a instalações de quarentena, no âmbito do combate à violência de género, é uma das medidas aprovadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

O Banco de Moçambique decidiu cancelar o registo de 15 operadores de microcrédito. Estes passam a estar assim proibidos de…
Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça acordaram que vão facilitar a emissão de vistos de curta duração, divulgou o Ministério dos Negócios…
Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

O Vice-Presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), Domingos Barreto, informou que o debate público dos candidatos à Presidência da…
Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, confere posse a Adriano Maleiane nesta sexta-feira, 04 de março. O ex-ministro da…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin