Timor-Leste: Vítimas das cheias apoiadas pela UNICEF e China

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e o Governo chinês lançaram um projeto no valor de 1,3 milhões de euros, cujo objetivo consiste em apoiar as comunidades afetadas pelas cheias em Timor-Leste.

De acordo com um comunicado divulgado à imprensa, o projeto vai conseguir alcançar cerca de 146.000 pessoas afetadas pelas cheias, que terão acesso a “serviços de nutrição, educação e água e saneamento de qualidade”.

Este auxílio será dado para complementar o do Governo timorense, uma vez que, “apesar dos esforços contínuos por parte do Governo e dos parceiros, as comunidades afetadas continuam a necessitar de assistência de recuperação, especialmente relacionada com a nutrição, água, higiene e saneamento e educação”, lê.se ainda no comunicado.

Foi em 2021 que 48 pessoas morreram devido a inundações causadas pelo mau tempo, que afetaram 30.367 famílias e fizeram danos em escolas e em centros de formação.

Segundo as estimativas do Governo de Timor-Leste, o valor total dos danos corresponde a 307,7 milhões de dólares (cerca de 285,7 milhões de euros).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Portugal: Primeiro-ministro aprova Palestina como membro pleno da ONU

Portugal: Primeiro-ministro aprova Palestina como membro pleno da ONU

O primeiro-ministro de Portugal, Luís Montenegro, afirmou que vê “com bons olhos” o facto de a Palestina vir a adquirir…
Moçambique: Naparamas abatem dez terroristas em Macomia

Moçambique: Naparamas abatem dez terroristas em Macomia

A força paramilitar Naparamas anunciou, ontem, ter morto pelo menos 10 insurgentes durante uma invasão a um esconderijo do grupo,…
Cabo Verde já pagou 400 mil contos em contribuições a organizações internacionais

Cabo Verde já pagou 400 mil contos em contribuições a organizações internacionais

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde, Rui Figueiredo Soares, partilhou no Parlamento que, entre 2021 e 2023, o…
Moçambique: Administração Nacional de Estradas precisa de 690 milhões de meticais para reconstruir estradas

Moçambique: Administração Nacional de Estradas precisa de 690 milhões de meticais para reconstruir estradas

Nurbina Noormahomed, delegada da Administração Nacional de Estradas (ANE), informou, esta sexta-feira, que a ANE necessita de 690 milhões de…