Timor Leste

Timor-Leste: Xanana diz que Lu-Olo é “um boneco” nas mãos da Fretilin

Apoiantes da Fretilin

O líder do CNRT, Xanana Gusmão, acusou nesta terça-feira, 24 de março, o Presidente da República de Timor-Leste, Francisco Guterres Lu-Olo, de não tomar decisões sobre o impasse político existente no país devido ao facto de estar a ser “um boneco” a mando do seu partido, a Fretilin.

“Está em curso um esforço que o senhor Lu-Olo está a fazer de tornar o sistema político em Timor-Leste para presidencialista. Ele manda”, declarou Xanana na conferência de imprensa da nova coligação de maioria parlamentar no país, liderada pelo CNRT.

“Mas porque nós nos conhecemos, não é ele que manda, ele obedece. Este é o grande problema. O presidencialismo onde o Presidente ali é um boneco (…) que obedece às ordens do seu partido”, acrescentou, referindo-se à Fretilin, formação política presidida por Lu-Olo.

O ex-Presidente de Timor-Leste criticou ainda o facto de o chefe de Estado continuar sem deliberar sobre o pedido de demissão do primeiro-ministro, Taur Matan Ruak, apresentado há mais de um mês, e por estar há duas semanas sem responder à apresentação de uma nova coligação de maioria parlamentar.

Xanana Gusmão lembrou que apesar da Constituição impedir que Lu-Olo tenha cargos políticos, este continua a ser presidente da Fretilin, cargo que nunca abandonou. No entanto, exige que o governante aceite o pedido de demissão de Matan Ruak e que permita a formação do próximo Executivo.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo