África Subsaariana

Área Schengen: UE levanta restrições ao Senegal

Após a decisão da União Europeia (UE) de fechar o espaço Schengen a Dakar, a UE recua e levanta as restrições impostas ao Senegal, anunciou a diretora de Saúde Pública, Marie Khémesse Ngom Ndiaye.

Ndiaye fez o anúncio quando esteve nesta quarta-feira no Aeroporto Internacional Blaise Diagne (AIBD), para verificar o dispositivo para a retomada de voos internacionais, planeado em 15 de julho de 2020.

Em declarações à IRadio, a responsável sublinhou que “A nossa diplomacia teve um papel muito importante. Ouvi, ainda por confirmar oficialmente, que as restrições da União Europeia foram levantadas para o Senegal. Assim que ouvimos essas informações, depositamos ao nível do Ministério dos Negócios Estrangeiros, para os diplomatas da UE, um documento que foi aceite. Fomos informados sobre uma certa taxa de ataque. Não dormimos sobre os nossos louros, mas o Senegal está a administrar esta pandemia o mais adequadamente possível”.

Recorde-se que a UE publicou um documento proibindo o acesso a todos os países africanos que enfrentam a pandemia de Covid-19, com exceção da Tunísia, Argélia, Marrocos e Ruanda.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo