Argélia: 13.000 migrantes subsarianos abandonados no deserto em 14 meses

As autoridades argelinas abandonaram cerca de 13 mil migrantes subsarianos no deserto, informou a agência norte-americana Associated Press na segunda-feira após uma investigação.

De acordo com o relatório, num período de 14 meses, quase 13.ooo migrantes, incluindo crianças e mulheres grávidas, foram colocados em camiões para viajarem durante horas até um local conhecido como Ponto Zero, onde, abandonados sem água e sem comida, foram obrigados a caminhar, durante cerca de 15 quilómetros, em direção ao Níger, com temperaturas que podem chegar aos 48 graus.

Como prova, a Associated Press publica um vídeo onde mostra a provação de centenas de pessoas caminhando pelo deserto sob temperaturas de quase 50°C. Muitos acabam por morrer antes de serem resgatados por equipas da Organização das Nações Unidas.

A Argélia começou com expulsões maciças de migrantes desde o final de 2017, quando a União Europeia (UE) renovou a pressão sobre os países do norte da África para desmobilizarem migrantes que viessem em direção à Europa através do Mar Mediterrâneo. A UE, no entanto, nega qualquer responsabilidade.

Argel refuta as acusações da agência norte-americana e não quis comentar a investigação, mas já negou qualquer abuso de Direitos Humanos.

Segundo dados da Organização Internacional das Migrações (OIM), estima-se que desde 2014 tenham morrido no deserto cerca de 30 mil pessoas – grande parte mulheres e crianças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Ciclone Tropical GOMBE destrói e mata em Nampula

Moçambique: Ciclone Tropical GOMBE destrói e mata em Nampula

O Ciclone Tropical “GOMBE”, o terceiro fenómeno meteorológico a afectar as províncias da Zambézia, Nampula e Cabo  Delgado depois das…
Brasil: Missão de solidariedade resgata 68 refugiados da guerra na Ucrânia 

Brasil: Missão de solidariedade resgata 68 refugiados da guerra na Ucrânia 

Pousou em solo nacional na manhã desta quinta-feira (10) o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que trazia 42 brasileiros…
Moçambique conta com forças militares da África do Sul até abril

Moçambique conta com forças militares da África do Sul até abril

O Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, decidiu estender até 15 de abril o destacamento da Força Nacional de…
Timor-Leste em risco de grave crise nos preços com conflito na Ucrânia

Timor-Leste em risco de grave crise nos preços com conflito na Ucrânia

O Programa Alimentar Mundial (PAM) avisa que o conflito existente na Ucrânia pode vir a causar aumentos adicionais de preços nos produtos…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin