Banco Mundial planeia investir mais de 5 mil milhões de dólares em Terras Secas na África

O Banco Mundial anunciou na terça-feira que planeia investir mais de 5 mil milhões de dólares nos próximos cinco anos para ajudar a restaurar paisagens degradadas, melhorar a produtividade agrícola e promover a subsistência em 11 países africanos numa faixa de terra que se estende do Senegal ao Djibouti.

“Este investimento, que chega num momento crucial, ajudará a melhorar os meios de subsistência à medida que os países se recuperam do Covid-19 ao mesmo tempo em que lida com o impacto da perda de biodiversidade e da mudança climática nos seus povos e economias”, disse o presidente do Grupo Banco Mundial, David Malpass.

Malpass fez o anúncio durante uma reunião de alto nível co-patrocinada pela França e as Nações Unidas que tem como foco abordar as mudanças climáticas e a perda de biodiversidade.

Os mais de 5 mil milhões de dólares em financiamento apoiarão a agricultura, a biodiversidade, o desenvolvimento comunitário, a segurança alimentar, a mobilidade rural e o acesso à energia renovável em 11 países do Sahel, Lago Chade e Corno de África.

Muitos desses esforços estão alinhados com a iniciativa da Grande Muralha Verde e nos investimentos paisagísticos do Banco Mundial nesses países nos últimos oito anos, que alcançaram mais de 19 milhões de pessoas e colocaram 1,6 milhão de hectares sob gestão sustentável da terra.

“A restauração de ecossistemas naturais nas terras áridas da África beneficia tanto as pessoas quanto o planeta”, disse Moussa Faki Mahamat, Presidente da Comissão da União Africana.

Trabalhando com muitos parceiros, PROGREEN, um fundo global do Banco Mundial dedicado a impulsionar os esforços dos países para lidar com a degradação da paisagem, também investirá 14,5 milhões de dólares em cinco países do Sahel – Burkina Faso, Chade, Níger, Mali, Mauritânia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26…
Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Comunidade ucraniana em Portugal angaria bens para enviar à Ucrânia

Comunidade ucraniana em Portugal angaria bens para enviar à Ucrânia

A comunidade ucraniana de Vila Real, a Norte de Portugal, está a angariar medicamentos, comida enlatada e com muita validade,…
Presidente da Ucrânia apela a soldados russos para saírem do país

Presidente da Ucrânia apela a soldados russos para saírem do país

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, apelou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, aos soldados russos para que deponham as armas e…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin