Burundi: Governo dá prazo de dois meses aos cidadãos estrangeiros para se registarem

O governo do Burundi deu um prazo de dois meses para que todos os estrangeiros residentes no país entrem em contato com a polícia de fronteira a fim de se registarem.

Este anúncio está a provocar receios junto da comunidade estrangeira que suspeita que o governo pretende vigiar as suas atividades no país.

Particularmente delicada é a situação dos ruandeses que têm sido objeto de perseguição sistemática e violência por parte das autoridades, devido a alegadas ligações entre a comunidade ruandesa e os rebeldes burundeses. As relações diplomáticas entre o Burundi e Ruanda estão, aliás, em crise, com Bujumbura, e também as Nações Unidas, a acusarem Kigali de apoiar a rebelião no Burundi.

O ministro da Segurança Pública, Alain-Guillaume Bunyoni, justifica esta iniciativa com a intenção do governo de atribuir aos residentes estrangeiros um cartão de identificação biométrico.

Os estrangeiros – na sua maioria originários da África Ocidental, incluindo congoleses, e da Índia – serão obrigados a deslocar-se à polícia, pessoalmente, e a levar os seus documentos de viagem.

O Burundi atravessa uma grave crise securitária, depois do presidente Pierre Nkurunziza ter iniciado um terceiro mandato na sequência das eleições de julho. Desde então, mais de 400 pessoas foram mortas e cerca de de 240000 pessoas fugiram do país.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: MpD congratula-se com distinção de país africano mais livre

Cabo Verde: MpD congratula-se com distinção de país africano mais livre

O Movimento para a Democracia (MpD) regozijou-se nesta segunda-feira, 30 de janeiro, pelo facto de Cabo Verde ter recebido a…
Moçambique: Nyusi dirige abertura oficial do ano letivo

Moçambique: Nyusi dirige abertura oficial do ano letivo

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, vai dirigir a abertura oficial do ano letivo nesta quarta-feira, 01 de fevereiro. …
Timor-Leste e ASEAN traçam linhas de adesão em Jacarta

Timor-Leste e ASEAN traçam linhas de adesão em Jacarta

O Governo timorense informou nesta terça-feira, 31 de janeiro, que Timor-Leste e os países-membros da Associação de Nações do Sudeste…
Angola: BD elege novo vice-presidente

Angola: BD elege novo vice-presidente

O Conselho Nacional do Bloco Democrático (BD) elegeu Nelson Guerra Pestana para vice-presidente do partido. Justino Pinto de Andrade deixa…