Camarões pedem à população maior vigilância depois de ataque a mesquita

Os políticos regionais nos Camarões pedem aos cidadãos uma redobrada atenção depois dos ataques, na passada quarta-feira, a uma mesquita na cidade de Kouyape, no norte de Camarões, que provocaram pelo menos 12 mortos.

Aparentemente, o atentado foi perpetrado pelo grupo jihadista nigeriano Boko Haram, que há meses estendeu seus ataques a Camarões e Chade, segundo os meios de comunicação locais.

Todos os mortos são fiéis muçulmanos que compareceram para as orações da manhã no templo, onde um homem explodiu o cinturão que levava por volta das 5h30 local.

Testemunhas relataram à Efe que o alegado suicida chegou de moto às proximidades de Kouyape, no distrito de Kolofata, e depois foi a pé até as imediações da mesquita, onde esperou o início das orações matinais.

Midjiyawa Bakari, governador do extremo norte dos Camarões, pede aos muçulmanos que vigiem as mesquitas para ajudar a evitar os ataques durante as orações da manhã. Bakari aconselha a que criem grupos que controlem os acessos às mesquitas e que as sessões sejam divididas em duas partes, para que enquanto o primeiro grupo ora, o segundo esteja vigilante.

Também o General Kodji Jacob, antigo comandate das tropas que combatem o Boko Haram, pediu a colaboração da população para que denunciem qualquer acto suspeito, referindo que a fronteira com a Nigéria é de dificil controlo e que os militares não conseguem garantir sozinhos a segurança.

Nos últimos meses, o Boko Haram estendeu seus ataques a países vizinhos da Nigéria como Camarões e Chade, cujos exércitos se uniram para recuperar parte dos territórios nas mãos do grupo jihadista.

Em 2015, o Boko Haram matou mais de 3 mil pessoas apesar de ter perdido a maioria do território que controlava na Nigéria e no Chade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *



Artigos relacionados

Cremilda Medina no Festival Seixal World Music este fim de semana

Cremilda Medina no Festival Seixal World Music este fim de semana

A cantora Cabo Verdiana Cremilda Medina vai levar a Morna de Cabo Verde ao Festival Seixal World Music que se…
Angola: Líder da CASA-CE diz que “há pessoas a comer ração animal”

Angola: Líder da CASA-CE diz que “há pessoas a comer ração animal”

O presidente da CASA-CE, Manuel Fernandes, disse em entrevista exclusiva à publicação alemã “Deutsche Welle” que “há pessoas a comer ração animal em Angola”, devido…
Moçambique: PR mantém Comandante do Ramo da Marinha de Guerra

Moçambique: PR mantém Comandante do Ramo da Marinha de Guerra

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, prorrogou, por Despacho Presidencial, o mandato do Comandante do Ramo da Marinha de Guerra, Eugénio Dias…
Mais quatro mortes e 1.298 infetados por covid-19 em Portugal

Mais quatro mortes e 1.298 infetados por covid-19 em Portugal

O boletim epidemiológico, divulgado pela Direção Geral da Saúde esta sexta feira, refere que o número de casos confirmados de…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin