Ex-ditador chadiano julgado no Senegal

O ex-ditador do Chade, Hissène Habré, é acusado de crimes contra a humanidade, incluindo alegações de escravidão sexual.

O caso também está a estabelecer um precedente porque marca a primeira vez que um ex-governante de um país africano, Chade, foi levado a julgamento noutra nação, Senegal, num tribunal especialmente convocado, apoiado pela União Africana.

Dezenas de pessoas testemunharam na capital, Dakar, no tribunal, conhecido como Câmara Extraordinária Africana. As mulheres dizem que foram violadas na prisão durante o regime de Habré entre 1982 e 1990.

O veredicto é esperado para maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *



Artigos relacionados

Cremilda Medina no Festival Seixal World Music este fim de semana

Cremilda Medina no Festival Seixal World Music este fim de semana

A cantora Cabo Verdiana Cremilda Medina vai levar a Morna de Cabo Verde ao Festival Seixal World Music que se…
Angola: Líder da CASA-CE diz que “há pessoas a comer ração animal”

Angola: Líder da CASA-CE diz que “há pessoas a comer ração animal”

O presidente da CASA-CE, Manuel Fernandes, disse em entrevista exclusiva à publicação alemã “Deutsche Welle” que “há pessoas a comer ração animal em Angola”, devido…
Moçambique: PR mantém Comandante do Ramo da Marinha de Guerra

Moçambique: PR mantém Comandante do Ramo da Marinha de Guerra

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, prorrogou, por Despacho Presidencial, o mandato do Comandante do Ramo da Marinha de Guerra, Eugénio Dias…
Mais quatro mortes e 1.298 infetados por covid-19 em Portugal

Mais quatro mortes e 1.298 infetados por covid-19 em Portugal

O boletim epidemiológico, divulgado pela Direção Geral da Saúde esta sexta feira, refere que o número de casos confirmados de…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin