África Subsaariana

Covid-19: Guiné Equatorial suspende voos da Air France

As autoridades da Guiné Equatorial decidiram suspender os voos da Air France para este país por não cumprimento das normas de prevenção adotadas contra a propagação do Covid-19.

Esta decisão com “efeito imediato” foi tomada a 7 de Janeiro de 2021, após reunião com representantes da empresa francesa que “mostraram relutância em cumprir e respeitar as normas estabelecidas pelas autoridades de Malabo”, disse o governo.

De momento, não foi divulgada nenhuma informação sobre a decisão da Guiné Equatorial pela Air France, ainda que, com toda a probabilidade, a retomada dos voos esteja sujeita ao “cumprimento integral” das normas aprovadas.

“Não podemos sacrificar a vida do nosso povo por razões económicas. Cada companhia aérea que atende nosso país é obrigada a cumprir as disposições de saúde em vigor. Qualquer medida contrária a estas medidas está condenada ao fracasso e isso é inegociável”, reiterou o Ministério da Aviação Civil.

A decisão da Guiné Equatorial surge num contexto marcado pelo ressurgimento da pandemia, principalmente após o surgimento, há poucos dias, na Europa e na América do Norte, de uma segunda onda do Coronavírus, apresentada como mais contagiosa.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo