África Subsaariana

Dono da cadeia de hotéis Radisson inabalável pelo ataque terrorista no Mali

A re-inauguração do hotel de luxo, da cadeia de hotéis Radisson, no Mali, que foi atacado por terroristas islâmicos em novembro, foi considerada pelo presidente do Mali, Ibrahim Boubacar Keita, “uma vitória da vida sobre os jihadistas” e um triunfo sobre o terrorismo.

Cerca de 100 pessoas reuniram-se no Radisson Blu em Bamako, capital do Mali, para a cerimónia de reabertura. Alguns funcionários presentes na ocasião, elevaram em braços o gerente do hotel, Gary Ellis. Os funcionários retomaram as “nossas atividades com espírito de vencedor”, disse.

Menos de quatro semanas antes, a propriedade com 190 quartos foi o local de uma tomada de reféns sangrenta, na qual 22 pessoas morreram, incluindo três funcionários do hotel e dois terroristas. O ataque aconteceu na sexta-feira, 20 de novembro e pela segunda-feira, Wolfgang Neumann , presidente-executivo da Rezidor , o operador da cadeia Radisson, já estava em Bamako.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo