Estado Unidos vão reduzir 10% os seus efectivos militares em África

O Pentágono anunciou esta quinta-feira, 15 de Novembro, que vai reduzir os seus efectivos militares presentes em vários teatros de operações em África em cerca de 10%. Hoje, 7.200 soldados americanos estão presentes em África, especialmente no Níger, Djibuti e na Somália.

Esta medida tem sido interpretada como a aplicação da estratégia definida no início do ano em que o novo quadro estratégico norte-americano vai priorizar uma resposta e prontidão face aos desafios das “potências revisionistas”, ou seja, a Rússia e a China. Passando assim a luta contra o terrorismo para um segundo plano.

A prioridade das forças norte-americanas passa a estar centrada na preparação para o combate em conflitos maiores com uma capacitação “estrategicamente previsível” para os seus aliados, mas “operacionalmente imprevisível” para os seus adversários, tal foi a fórmula apresentada pelo chefe do Pentágono, James Mattis.

Devido à importância estratégica da Somália e Djibuti, estes não estarão abrangidos pela redução dos efectivos militares americanos.

O anúncio de uma redução de 10% pretende não ser alarmista, tendo em conta que a redução pretendida pelos EUA é de cerca de 50% dos efectivos em África, a qual deverá acontecer em várias fases até 2021.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde é dos 21 melhores destinos para visitar em 2023

Cabo Verde é dos 21 melhores destinos para visitar em 2023

Cabo Verde encontra-se entre os 21 melhores destinos para se visitar em janeiro de 2023, de acordo com a lista…
Angola: Acidentes de viação são segunda causa de morte do país

Angola: Acidentes de viação são segunda causa de morte do país

A Vice-Presidente de Angola, Esperança da Costa, partilhou a sua surpresa no que diz respeito à existência de um grande número…
Moçambique recebe mais USD 59 milhões do FMI para OE

Moçambique recebe mais USD 59 milhões do FMI para OE

O Fundo Monetário Internacional (FMI) concluiu a primeira avaliação do programa de financiamento de três anos ao Orçamento do Estado…
Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…