Eswatini: Governo vai rever salários na função pública 

O Governo de Eswatini, vai rever a partir de junho de 2024, a Tabela Salarial dos funcionários públicos, em resposta aos frequentes pedidos dos sindicatos profissionais. Os salários não são revistos desde o ano de 2017.

O anúncio foi feito na sexta-feira pelo Secretário Permanente do Ministério da Função Pública, Sipho Tsabedze, que explicou que a demora dos reajustes salariais estão relacionados com os tempos difíceis da economia do Eswatini, influenciados pelo panorama económico mundial.

“Apartir deste mês (junho 2024) teria início o exercício da revisão salarial, que os funcionários públicos através dos seus sindicatos vinham reivindicando ao longo dos anos”, anunciou quando falava em Mazine, de acordo com o jornal Times of Swaziland.

Sipho Tsabedze, justificou que o governo não poderia prometer o reajuste salarial aos seus trabalhadores porque não tem condições para pagar, tal facto resulta dos desafios da sua caixa fiscal.

A Associação Nacional dos Professores, o Sindicato Democrático dos Enfermeiros, são alguns dos movimentos sindicais que durante anos discutem com o governo sobre o aumento salarial, o que levou a criação de um Fórum de Negociação Conjunto.

O salário mínimo mensal no Eswatini varia de 530 à 600 Lilangeni Suázi. No câmbio actual, um Lilangeni Suázi corresponde à 0,049 Euros.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…
Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, uma das mais destacadas instituições no setor, localizada em Castelo Branco,…
Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

O antigo Primeiro-ministro e líder da APU-PDGB, Nuno Gomes Nabiam, acusou, esta quinta-feira, 11 de Julho, o Presidente da República…
Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Na terça-feira (9) a vila de Macomia, centro de Cabo Delgado, ficou agitada na sequência de uma manifestação da população…