Etiópia: Governo adverte separatistas de Oromia

O primeiro-ministro da Etiópia, Hailemariam Desalegn, avisou que o governo irá tomar medidas para prevenir que um movimento seccionista se desenvolva na região de Oromia.

De acordo com as declarações de Hailemariam Desalegn, “forças destrutivas” apoiadas pela vizinha Eritreia, lançaram uma campanha armada para promover a secessão da região, armando ciladas às forças de segurança e incendiando propriedades do governo.

“O povo percebeu que estas forças destrutivas tencionam subverter o sistema e mudar o governo”, declarou o primeiro-ministro etíope, acrescentando que “O governo entende que há necessidade de tomar medidas decisivas, sustentadas pela lei”.

Na segunda-feira, a organização não-governamental pelos direitos humanos, Human Rights Watch, declarou que os ativistas registaram que cerca de 200 pessoas foram mortas pelas forças de segurança em Oromia, desde novembro.

Os protestos foram, na sua maioria, pacíficos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…
Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, uma das mais destacadas instituições no setor, localizada em Castelo Branco,…
Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

O antigo Primeiro-ministro e líder da APU-PDGB, Nuno Gomes Nabiam, acusou, esta quinta-feira, 11 de Julho, o Presidente da República…
Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Na terça-feira (9) a vila de Macomia, centro de Cabo Delgado, ficou agitada na sequência de uma manifestação da população…