EUA ordenou às famílias do pessoal diplomático na RDC para deixarem o país

Os Estados Unidos ordenaram que as famílias do pessoal diplomático na República Democrática do Congo (RDC), que deixem o país devido a uma onda de violência,  disse o Departamento de Estado em comunicado.

“Devido à deterioração da segurança, os membros da família do pessoal do governo dos EUA foram obrigados a deixar o país a 29 de setembro.” A violência eclodiu em 19 de setembro em  Kinshasa, causando cinquenta mortes, de acordo com o Alto Comissariado da ONU para os direitos Humanos. A oposição refere uma centena de mortos.

Ontem, quinta-feira, Kinshasa acusou Washington de responsabilidade no “caos” na RDC, na sequência das sanções financeiras contra dois altos responsáveis militares congoleses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: INSS e Justiça debatem impacto da dívida de contribuintes

Moçambique: INSS e Justiça debatem impacto da dívida de contribuintes

O Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), os órgãos da administração da Justiça e os empregadores e os sindicatos da…
Timor-Leste: Governo já executou 36,5% do OGE de 2022

Timor-Leste: Governo já executou 36,5% do OGE de 2022

O Governo de Timor-Leste já executou, nos primeiros noves meses deste ano, 36,5% do Orçamento Geral do Estado (OGE) retificativo aprovado para…
STP: MLSTP acredita na vitória nas eleições

STP: MLSTP acredita na vitória nas eleições

O Presidente do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe/Partido Social Democrata (MLSTP/PSD) Jorge Bom Jesus, acredita numa “vitória”…
STP: Acabou a campanha para as eleições do próximo dia 25

STP: Acabou a campanha para as eleições do próximo dia 25

Terminou esta sexta-feira em São Tomé e Príncipe, a campanha eleitoral para as eleições legislativas, autárquicas e regionais marcada para…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin