África Subsaariana | Sahel | Segurança

EUA realizam cimeira militar com todos países africanos em Abuja, na Nigéria

O alto escalão militar de toda a África iniciou na segunda-feira uma conferência co-organizada pelos Estados Unidos, com o objetivo de impulsionar a cooperação entre os países que lutam contra os grupos extremistas.

A Cimeira das Forças Terrestres Africanas reúne “chefes da força terrestre de toda a África para um diálogo franco” para melhorar a segurança, informou o Exército dos EUA num comunicado a 10 de abril.

Líderes militares de quase todos os países do continente – incluindo Angola, Camarões, Egito, Quénia e Ruanda – estiveram na capital da Nigéria, Abuja,  para trocar informações sobre ameaças em África, desde o Al-Shabaab no leste, até ao Boko Haram no oeste.

Sob o governo do ex-presidente Barack Obama, os Estados Unidos lutaram contra o crescente extremismo islâmico em África e aumentaram a sua presença militar em vários países. O presidente Donald Trump continuou a priorizar a segurança no continente.

Antes de ser demitido em março, o secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, fez uma viagem a cinco países de África, prometendo assistência militar.

É no Mali, na região do Sahel, que se centra a Al-Qaeda no Magreb Islâmico (AQMI), e a Nigéria, o Boko Haram.

As forças dos EUA estão estacionadas no vizinho Níger, onde em novembro passado o governo deu sinal verde para armar drones para combater os jihadistas.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo