África Subsaariana | Segurança

Exército Nacional da Somália anuncia morte do líder do Al-Shabaab

A rádio do Exército Nacional da Somália anunciou a morte do líder do grupo jihadista al-Shabaab. A notícia foi negada pelo grupo rebelde.

De acordo com o comunicado do exército, o xeque Ahmed Diriye, popularmente conhecido como Abu Ubeidah, morreu na cidade de Jilib, no sul da Somália, vítima de cancro.

Abu Ubeidah assumiu a liderança do grupo jihadista do Corno de África em 2014, sucedendo a Ahmed Godane, que foi morto num ataque aéreo militar dos EUA.

Antes de os rumores da sua morte se espalharem, a Somália e a imprensa queniana relataram que Ubeidah sofria de um grave problema nos rins.

Também houve relatos de disputas entre altos funcionários do Al-Shabab para sucedê-lo.

O grupo jihadista reagiu ao comunicado, dizendo que o líder está vivo e saudável e que as alegações da sua morte foram inventadas pelo governo somali para desviar a atenção pública dos seus próprios fracassos.

O Al-Shabaab trava, há uma década, uma guerra na Somália para derrubar o governo e instalar um sistema jihadista extremista.

A guerra já matou dezenas de milhares de pessoas e deslocou milhões de outras, prejudicando o desenvolvimento do país.

As tropas da União Africana têm, no entanto, apoiado as forças da Somália para combater o Al-Shabaab, forçando-os a fugir dos seus antigos redutos e a abandonar as cidades que controlam.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo