Presidente do Gabão, Ali Bongo Ondimba

Gabão: 18ª sessão da CEEAC será presencial

A 18ª reunião da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), será presencial. No final de novembro ou início de dezembro, a data final ainda não foi decidida, o presidente gabonês receberá fisicamente os seus homólogos da sub-região em Libreville. Esta será a primeira reunião presencial desde o início da epidemia de Covid-19 no continente africano.

Na sequência da sua passagem pela sub-região, o Ministro dos Negócios Estrangeiros do gabonês, Pâcome Moubelet Boubeya, relatou a Ali Bongo Ondimba as suas várias conversações com os chefes de Estado a quem transmitiu o seu convite para participar na 18.ª sessão da Conferência dos Chefes de Estado e de Governo da CEEAC. Todos concordaram em participar, assegurou o governante.

Ali Bongo Ondimba receberá, portanto, cada um dos seus homólogos pessoalmente no Palais du Bord de Mer. Uma situação que se tornou possível graças à eficácia da resposta do Gabão ao vírus.

A única incerteza é a data desta 18ª sessão da Conferência dos Chefes de Estado e de Governo da CEEAC. O ministro dos Negócios Estrangeiros indicou que ocorrerá “certamente no final de novembro deste ano”.

Esta cimeira terá lugar um ano após o encontro em que os chefes de estado e de governo validaram a grande reforma institucional da CEEAC. Com uma nova organização, nomeadamente com uma comissão que substitui o secretariado geral, a sub-região pode agora recuperar o atraso em termos de integração em comparação com outros grupos sub-regionais do continente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

O primeiro-ministro português, António Costa, manifestou publicamente ao Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, a sua gratidão pelo apoio prestado na…
Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

O Procurador-geral da República (PGR) pediu aos magistrados para estarem atentos às pessoas que procuram vias fáceis para enriquecer, às…
Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin