África Subsaariana

Gabão: 59% dos estudantes não sabem o que é HIV/SIDA

Os resultados de uma pesquisa sobre HIV/SIDA nas escolas, organizada pelo Programa Nacional de Controle de Infecções Sexualmente Transmissíveis (PNLIST), foram divulgados em 27 de novembro em Libreville. Realizada com uma amostra de 1150 alunos, a sondagem visa estabelecer locais de despistagem anónima e voluntária do HIV/SIDA nas escolas.

“O Ministério da Educação Nacional tem um primeiro problema à partida”, admitiu o coordenador do Comité de Combate à SIDA do Ministério da Educação (Colusimen). “Existe um vazio legal porque temos textos que não permitem despistar os nossos jovens. As coisas estão a ser formalizadas e, com o PNLIST, pensamos que muitas coisas serão feitas”, disse Marie Laure Eliwa.

A sondagem alcançou 11 escolas secundárias em Libreville, incluindo sete do setor público, duas do setor privado de utilidade pública e duas do setor privado confessional.

O inquérito mostrou que 99,5% dos estudantes ouviram falar sobre HIV/SIDA, dos quais 18,11% foram capazes de definir o HIV, enquanto 59% não têm conhecimento do assunto.

“Percebemos que os adolescentes eram cada vez mais vulneráveis a infecções sexualmente transmissíveis em geral, o HIV em particular”, disse o coordenador do projeto de consciencialização/teste de HIV/SIDA nas escolas, concluindo que é nas instituições que se têm que tomar medidas, para fornecer conselhos, consciencialização e rastreamento, se necessário”, disse Diop Barry.

Este projeto-piloto, que permitirá que jovens e adolescentes tenham acesso a aconselhamento, despistagem e assistência em HIV/SIDA, deverá ser estendido ao interior do país para obter melhores resultados.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo