África Subsaariana

Gabão: Gaboneses questionam custos da recuperação de Ali Bongo Ondimba

Após o AVC que o presidente gabonês sofreu em Riad, Arábia Saudita, em 24 de outubro de 2018, Ali Bongo tem continuado a receber tratamentos à custa do contribuinte do Gabão.

O Chefe de Estado apareceu numa cadeira de rodas durante a tomada de posse do novo governo, e regressou a Marrocos para continuar a sua convalescença.

Em Marrocos, Ali Bongo mora numa residência particular onde continua a sua reabilitação.

Em Libreville, estima-se que os custos com os tratamentos do presidente são caros para o contribuinte. Alguns acreditam que o presidente gastará milhares de milhões de FCFA na sua recuperação.

“Reparemos na grave distorção da boca do Presidente Ali Bongo. Esta deformação foi apontada pelos especialistas que o seguem. O Presidente, que está numa cadeira de rodas, agora quer andar corretamente e recuperar o uso normal do seu braço direito. Ele está a despender muito dinheiro. Ele é capaz de gastar milhares de milhões de francos CFA para se curar, mesmo se tivermos que vender todo o nosso petróleo”, afirmou um oficial gabonês sob anonimato em missão em Yaoundé, citado pela Koaci.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo