África Subsaariana

Gabão não regista mortes por Covid-19 há um mês

O Gabão não regista mortes por covid-19 há um mês. Desde o início da pandemia em meados de março, o país teve apenas 53 mortes – e apenas duas em quase três meses – uma das taxas de letalidade mais baixas do continente Africano. Este é um dos muitos sinais de que a epidemia de Covid-19 está a diminuir no Gabão.

Após a forte desaceleração no número de contaminações, a queda no número de casos ativos, o aumento do número de recuperações e do número de exames, o número de mortes ligadas à Covid-19 é um indicador que mostra que no Gabão a epidemia – pelo menos a primeira onda – está prestes a ser interrompida.

Além de não ter sido registada nenhuma morte por Covid-19 há um mês, em quase três meses, apenas duas pessoas morreram com o vírus.

Estes números significam que o Gabão é um dos países da África com a menor taxa de mortalidade pelo vírus de 0,61% contra 2,06% na sub-região e 2,66% em todo o continente.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Gabão, considera em África como um dos países mais eficazes na resposta ao Covid-19, está a caminho de conter a primeira onda epidémica no seu território.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo