Gâmbia exuma restos mortais de opositor de Jammeh

Os restos mortais de um activista gambiano da oposição a Yaya Jammeh, Solo Sandeng, foram exumados no último sábado. Detido a 14 de Abril de 2016 na sequência de manifestações a exigir reformas eleitorais para as eleições presidenciais, Sandeng, líder da juventude do Partido da Democracia Unida terá sido torturado pelas forças de segurança, tendo morrido depois da detenção.

De acordo com o porta voz da política Foday Conta “os restos mortais foram exumados por uma equipa de investigadores na presença do seu filho Muhammed Sandeng e do seu irmão Famara Sandeng”. O responsável policial afirmou também que os restos mortais irão ser agora algo de exames médicos para ajudar a definir a causa da morte.

A morte de Sandeng foi um ponto de viragem para a oposição, tendo originado uma onda de protestos que levou à detenção de mais activistas, os quais só foram libertados depois da vitória de Adama Barrow nas eleições presidenciais contra Yaya Jammeh.

De acordo com o porta voz policial, foi o antigo chefe de operações do serviço de segurança gambiano, a instituição que tinha a responsabilidade pela detenção dos opositores políticos de Jammeh, que levou os investigadores ao sítio onde o corpo de Sandeng estava enterrado, na cidade de Tanji.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

O chefe da missão de observação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais em Timor-Leste, o…
Dia Mundial do Teatro celebrado no Rossio e online

Dia Mundial do Teatro celebrado no Rossio e online

Este ano, o Teatro Nacional D. Maria II celebra o Dia Mundial do Teatro no Rossio, mas também noutras zonas…
Líderes dos EUA e da China conversam sobre guerra

Líderes dos EUA e da China conversam sobre guerra

Os Presidentes dos Estados Unidos da América (EUA), Joe Biden, e da China, Xi Jinping, iniciaram uma conversa telefónica nesta…
Moçambique: Polícia anúncia morte                    de 10 terroristas na Ilha Matemo, em Cabo Delgado

Moçambique: Polícia anúncia morte  de 10 terroristas na Ilha Matemo, em Cabo Delgado

A Polícia da República de Moçambique, em Cabo Delgado, anunciou na passada quinta-feira, em Pemba, a morte de 10 supostos terroristas, que desde a madrugada de quarta-feira invadiram a ilha Matemo, no arquipélago das Quirimbas.O Porta-voz da PRM em Cabo Delgado, Ernesto Madungue, disse que, as Forças de Defesa e Segurança, ainda trabalham para tirar de acção, outros elementos terroristas, que alegadamente estão misturados com a população.O Porta-voz da corporação em Pemba, não esclareceu, como as FDS estão a trabalhar, para não pôr em causa ou mesmo confundir os…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin