Gâmbia exuma restos mortais de opositor de Jammeh

Os restos mortais de um activista gambiano da oposição a Yaya Jammeh, Solo Sandeng, foram exumados no último sábado. Detido a 14 de Abril de 2016 na sequência de manifestações a exigir reformas eleitorais para as eleições presidenciais, Sandeng, líder da juventude do Partido da Democracia Unida terá sido torturado pelas forças de segurança, tendo morrido depois da detenção.

De acordo com o porta voz da política Foday Conta “os restos mortais foram exumados por uma equipa de investigadores na presença do seu filho Muhammed Sandeng e do seu irmão Famara Sandeng”. O responsável policial afirmou também que os restos mortais irão ser agora algo de exames médicos para ajudar a definir a causa da morte.

A morte de Sandeng foi um ponto de viragem para a oposição, tendo originado uma onda de protestos que levou à detenção de mais activistas, os quais só foram libertados depois da vitória de Adama Barrow nas eleições presidenciais contra Yaya Jammeh.

De acordo com o porta voz policial, foi o antigo chefe de operações do serviço de segurança gambiano, a instituição que tinha a responsabilidade pela detenção dos opositores políticos de Jammeh, que levou os investigadores ao sítio onde o corpo de Sandeng estava enterrado, na cidade de Tanji.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Paulo Pisco volta a ser presidente da subcomissão das diásporas

Paulo Pisco volta a ser presidente da subcomissão das diásporas

O deputado Paulo Pisco, eleito pelo círculo da Europa para atuar na Assembleia da República de Portugal, foi reeleito, por…
Guiné Equatorial mantém 51.º lugar do IIAG

Guiné Equatorial mantém 51.º lugar do IIAG

A Guiné Equatorial manteve o 51.º lugar no Índice Ibrahim de Governação Africana (IIAG) 2022, de acordo com um relatório…
Angola: BNA estima taxa de inflação entre 9 e 11%

Angola: BNA estima taxa de inflação entre 9 e 11%

O Banco Nacional de Angola (BNA) prevê uma taxa de inflação entre 9 a 11% até ao final de 2023.…
Portugal tem recrutamento a decorrer em Cabo Verde

Portugal tem recrutamento a decorrer em Cabo Verde

A empresa portuguesa de transportes rodoviários Alsa Todi informou esta semana que tem a decorrer o recrutamento de mais 21…