Gâmbia: Governo abre investigações sobre escândalo de suborno nas pescas

O governo da Gâmbia deu instruções à polícia para investigar o alegado escândalo de suborno no Ministério das Pescas, de acordo com Ebrima Sankareh, porta-voz do governo.

Em entrevista exclusiva ao The Standard, Sankareh disse que, na terça-feira, o governo ordenou que o assunto fosse investigado.

Segundo o jornal, Sankareh também confirmou que o indivíduo suspeito de estar no centro do escândalo de suborno, PS Bamba Banja, foi colocado em licença administrativa, enquanto se aguarda o resultado das investigações policiais.

Desde que um áudio onde se identifica uma voz como sendo de Banja, discutindo uma suposta transação de suborno foi divulgado na internet, Banja tem sido alvo de suspeitas pela imprensa e redes sociais.

Enquanto isso, o relatório de uma investigação anterior sobre um incêndio no edifício do mesmo ministério está pronto e deve ser apresentado esta semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

O primeiro-ministro português, António Costa, manifestou publicamente ao Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, a sua gratidão pelo apoio prestado na…
Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

O Procurador-geral da República (PGR) pediu aos magistrados para estarem atentos às pessoas que procuram vias fáceis para enriquecer, às…
Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin