África Subsaariana

Gâmbia: Mais detenções na Alemanha por suspeitas de fraude com esquema de passaportes diplomáticos

(c) Pixabay, Rudy and Peter Skitterians

Após investigações intensas sobre alegações de fraude na aquisição de passaportes diplomáticos da Gâmbia, o Governo da Gâmbia, trabalhando com os parceiros internacionais, anunciou a detenção de várias pessoas na Alemanha que atualmente estão a disponibilizar informações essenciais às autoridades. Prisões similares de supostos culpados na Gâmbia também proporcionaram pistas significativas sobre a vasta e sofisticada rede criminosa.

Desde que surgiram as notícias dos passaportes diplomáticos, o governo criou rapidamente uma equipa composta por funcionários da Força Policial da Gâmbia, Departamento de Imigração e Serviços de Inteligência do Estado (SIS) para investigar o caso e processar todos aqueles que são considerados cúmplices na venda, aquisição, produção e aquisição ilegal de passaportes diplomáticos da Gâmbia. A equipa de investigação também realizaria um inventário completo de todos os passaportes diplomáticos emitidos desde 2016 com verificações de todos os perfis dos seus titulares.

Até agora, mais de uma dúzia de cidadãos e não cidadãos foram detidos e, à medida que as investigações se ampliam, muitos outros suspeitos podem ser presos ou chamados para interrogatório para esclarecer o caso.

O governo gambiano pede à população que coopere totalmente com os investigadores e, sempre que possível, forneçam informações cruciais que podem ser úteis para a investigação.

De acordo com a lei da Gâmbia, a emissão de passaportes diplomáticos cabe exclusivamente à Presidência e aqueles que adquiriram passaportes legitimamente usando os canais processuais estabelecidos não são objeto dessa investigação criminal.

A investigação visa aqueles que deliberadamente agiram ilegalmente, falsificando documentos, auxiliando e incentivando a venda e aquisição do documento nacional pelas razões erradas.

O Presidente Adama Barrow deixou categoricamente claro que “ninguém será poupado nessas investigações, independentemente da posição, e todos aqueles que forem considerados suspeitos enfrentarão toda a extensão da lei.”

Portanto, consciente da gravidade da situação e das suas possíveis ramificações em relação às obrigações internacionais da Gâmbia sob as resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas, o Ministério dos Negócios Estrangeiros, convocará em breve uma reunião com membros do Corpo Diplomático e Consular para resolver imediatamente este e outros problemas prementes.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo