África Subsaariana

Gâmbia: Polícia liberta os 12 manifestantes sob fiança

As doze pessoas que foram detidas pela polícia devido a envolvimentos com o protesto de Serekunda, foram libertadas sob fiança, anunciou ASP Lamin Njie, o porta-voz da polícia gambiana.

Os 12 detidos, incluindo o ativista do rapper Ali Cham, conhecido como Killa Ace, foram libertados na segunda-feira à tarde, enquanto as investigações continuam.

“A polícia está a investigar o seu suposto envolvimento em vandalismo e destruição de propriedades durante o protesto do mês passado em Serekunda”, relatou ASP Njie no domingo.

No mês passado, centenas de jovens protestaram contra a morte de um vendedor do mercado de 33 anos, Ousman Darboe. Segundo os manifestantes, o indivíduo terá sido alegadamente torturado pela polícia, mas a polícia já negou qualquer irregularidade.

Entretanto, o Governo criou uma comissão de inquérito para analisar a alegação levantada contra a polícia.

O protesto que quase se transformou num tumulto resultou na queima de pneus de veículos e também na casa do chefe da Unidade Anti Criminal da polícia e várias propriedades.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo