Guiné-Conacri: Abdourahamane Sanoh e vários outros líderes do FNDC em liberdade

Após várias horas de debate, o Tribunal de Recurso de Conacri decidiu conceder liberdade provisória ao coordenador da Frente Nacional de Defesa da Constituição (FNDC), Abdourahamane Sanoh, bem como a Sékou Koundouno, Sam Bill, Ibrahima Diallo, Badra Koné, Elie Kamano e vários outros membros do movimento contra o terceiro mandato de Alpha Condé.

No processo, a defesa considerou que os direitos dos acusados estavam impedidos, afirmando que os investigadores não sabiam o motivo das prisões de Abdourahamane Sanoh e restantes detidos.

“As nossas leis proíbem a prisão arbitrária. Os nossos clientes foram presos sem requisição preliminar”, afirmou Pépé Antoine Lamah, um dos advogados de defesa, denunciando falhas processuais.

“Pedimos encaminhamento para uma nova audiência para a qual estaremos prontos para nos defender”, disse o advogado, deixando claro que durante todo o julgamento que ocorreu em primeira instância no tribunal de Dixinn “não se referia multidão armada. Os direitos de um julgamento justo não foram respeitados”.

A procuradoria não encontrou nenhum inconveniente com a solicitação dos advogados de defesa. “Não estamos aqui apenas para punir. Que o tribunal aceite a libertação desses pais de família”, disse Alhassane Baldé, procurador-geral do Tribunal de Recurso de Conacri.

“Consciente de que deve haver paz neste país, o Senhor Presidente, concorda em libertar esses acusados para que eles possam dormir em paz em casa”, anunciou o magistrado.

O presidente do tribunal, Elhadj Mangadouba Sow, depois de ouvir as duas partes, decidiu libertar os acusados temporariamente. “Tomamos a decisão em alma e consciência. A força deve permanecer com a lei “, declarou o juiz, antes de concluir: “Qualquer que seja a fronteira política, a religião, temos a pátria em comum. Devemos, portanto, preservar a paz”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Guiné Equatorial acolhe delegação da CPLP

Guiné Equatorial acolhe delegação da CPLP

Uma delegação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) aterra na Guiné Equatorial esta segunda-feira, 07 de março, segundo…
Cabo Verde:Ilha do Sal, profissionais da saúde promovem feira de saúde

Cabo Verde:Ilha do Sal, profissionais da saúde promovem feira de saúde

A comunidade da Ribeira Funda, no Sal, foi beneficiada com uma feira de saúde, que ofereceu serviços e orientações de…
Reino Unido reforça sanções contra oligarcas russos

Reino Unido reforça sanções contra oligarcas russos

O Reino Unido informou que vai reforçar as sanções contra a Rússia através de uma aprovação de legislação ocorrida nesta…
Entrevista a Olga Boyechko: "Nós temos de olhar para a Rússia como para a Alemanha Nazi nos anos 40"

Entrevista a Olga Boyechko: "Nós temos de olhar para a Rússia como para a Alemanha Nazi nos anos 40"

Olga Boyechko, de 23 anos, é uma cidadã de origem ucraniana, que vive em Portugal há quase 19 anos. É…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin