África Subsaariana

Guiné-Conacri: Ação Judicial apresentada pela UFDG com audiência marcada para dia 20.01

A ação judicial apresentada ao tribunal por Cellou Dalein Diallo, relativa à ocupação da sede do UFDG no dia seguinte às eleições presidenciais de outubro, tem a audiência provisória para o dia 20 deste mês às 14h00. “Esta ordem é executável”, dizia a nota.

Para obter a libertação da sede e dos escritórios da sua formação política (UFDG), ocupados desde o dia seguinte às eleições presidenciais de outubro, Cellou Dalein Diallo decidiu mover uma ação judicial contra o regime de Alpha Condé.

A reclamação apresentada em 26 de novembro no TPI em Dixinn tem como alvo três importantes departamentos ministeriais – a Administração do Território da Descentralização, Segurança e Proteção Civil e Defesa.

Em despacho emitido na terça-feira, 12 de janeiro de 2021, consultado pelo Africaguinee.com, o presidente do tribunal de primeira instância de Dixinn, Hadja Mbalou Keita, marcou a audiência provisória para o dia 20 deste mês às 14h00.

Os escritórios e a sede da UFDG foram ocupados por uma brigada mista composta por guardas, polícias e boinas vermelhas, após intensas buscas efetuada no dia a seguir às eleições de outubro.

No seu pedido, o coletivo de advogados de defesa da UFDG, menciona que os escritórios localizados em Hamdallaye CBG foram “totalmente saqueados, o seu conteúdo levado embora”. Os seguranças colocados no local impedem sistematicamente qualquer acesso, refere o documento.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo