África Subsaariana

Guiné-Conacri: Ainda por investigar a tentativa de roubo de armas em Alpha Yaya

As forças de segurança da Guiné-Conacri procuram ativamente um soldado suspeito de envolvimento na tentativa de roubo de armas e de munições do acampamento de Alpha Yaya Diallo. Entretanto, três outros suspeitos estão detidos para interrogatório do departamento de investigação judicial (PM3) de Matam.

A tentativa de roubo de armas ocorreu na noite de quinta-feira, 25 de janeiro no acampamento Alpha Yaya em Conacri.

Vários indivíduos supostamente soldados tentaram apropriar-se das armas encontradas numa das lojas do acampamento. Pelo menos três pessoas foram presas.

As autoridades ainda não comentaram o incidente.

Alpha Yaya Diallo Camp é o maior acampamento militar do país. Dois anos atrás, um grupo de militares que exigia uma melhoria nas condições de tratamento dos soldados utilizaram armas do acampamento e dispararam tiros a meio da noite, provocando o pânico na população.

Os soldados foram presos e levados perante um tribunal militar que os condenou. Todo o grupo foi então expulso do exército.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo