África Subsaariana

Guiné-Conacri: Alpha Condé declara que “Enterrarei muitas das pessoas que desejam minha morte”

O presidente da República da Guiné-Conacri negou os rumores que têm corrido há alguns dias sobre o seu estado de saúde. Em entrevista à rádio Sabari FM, Alpha Condé assegurou o povo da Guiné que está bem de saúde, ao contrário do que é dito nas redes sociais.

Vivo. Há quem diga que eu estive em Moscovo, outros anunciaram que estive na Dinamarca ou que há um avião com boinas vermelhas por toda a parte. Pode ser bom para as pessoas que falam, dar um passeio de Conacri a Matoto. Tenho a certeza de que algumas pessoas nem chegarão ao mercado de Yenguema “, disse o presidente Condé.

“A população pode ficar tranquila, estou de boa saúde. Eu continuo a praticar o meu desporto. Mas por causa da pandemia, os médicos recomendam que eu não receba visitas. Eu sou o Presidente da República, portanto o garante da unidade nacional. Por isso, é extremamente importante que me peçam para tomar precauções“, acrescentou.

Segundo Condé, na Guiné, “as pessoas estão acostumadas a mentir. Quantas vezes a morte da Presidente Lansana Conté foi anunciada? Quantas vezes disseram que o presidente está doente ou que morreu? Há pessoas que se escondem da sua incapacidade de convencer as pessoas a inventar mentiras”, apontou.

Dizendo que não presta atenção aos rumores, Condé lamentou que “como muitos guineenses não frequentaram a escola, podem facilmente enganá-los“.

Tenho certeza de que enterrarei muitas pessoas que desejam a minha morte. Vou enterrá-los como o Presidente Conté ou alguém disse”, avisou o chefe de Estado, antes de concluir que “‘quando as pessoas não têm mais argumentos políticos, tentam dizer que o presidente está doente. Eu não me importo com isso. No momento, minha principal preocupação é superar essa doença e fortalecer a economia guineense”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo