Guiné-Conacri: Confrontos entre comunidades faz 30 feridos por balas em Siguiri

Confrontos entre comunidades da mesma aldeia em Siguiri, fez pelo menos 30 feridos por balas na segunda-feira.

As duas comunidades em conflito têm um longo histórico de confrontos. A localidade está situada a 15 km da comuna urbana de Siguiri e a 30 km da comuna rural de Kintinian.

Segundo declarações de fontes locais à imprensa, os dois líderes das comunas, informados da situação, rapidamente tomaram medidas para evitar o pior.

“Estamos muito preocupados hoje, as duas comunidades vivem na mesma aldeia, mas existe um verdadeiro mal-entendido. Esta manhã, vimos pessoas com espingardas tradicionais, abriram fogo contra a população. No local ficaram 9 feridos dos dois lados”, explica Kadiatou Camara, vítima de Kolenda.

Os feridos de ambos os lados foram internados no hospital da província de Siguiri e alguns no centro de saúde de Kintinia. A versão real desse conflito vem da reivindicação de terra.

“Esse conflito tem uma origem clara, é uma disputa de terras. O líder Elhadj Koumba Sékou Magassouba está na origem dos confrontos pois apoia o campo adversário. Ele quer construir um posto de saúde para a outra comunidade, e não vamos aceitar”, relatou um morador de Kolenda.

Para evitar qualquer possível agravamento com danos inestimáveis, a aldeia encontra-se sob segurança máxima do CMIS 15 de Bafinda, enquanto os habitantes da aldeia estão em fuga desde a manhã.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: PAICV critica "falhanço" na política de segurança do Governo

Cabo Verde: PAICV critica "falhanço" na política de segurança do Governo

O PAICV apontou o “falhanço” nas políticas de segurança do Governo cabo-verdiano esta quarta-feira, 11 de janeiro, no Parlamento.  “No…
Timor-Leste: Estado gasta 53 mil euros por dia em veículos

Timor-Leste: Estado gasta 53 mil euros por dia em veículos

O Ministério das Finanças de Timor-Leste divulgou dados que indicam que o Estado gastou mais de 57 mil dólares americanos…
Brasil: Bolsonaro poderá vir a ser deportado dos EUA

Brasil: Bolsonaro poderá vir a ser deportado dos EUA

No dia 30 de dezembro do ano passado, o então presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, deixou o país rumo ao…
Ato em Lisboa procurou defender a democracia no Brasil

Ato em Lisboa procurou defender a democracia no Brasil

Cerca de 38 organizações portuguesas e quase 300 pessoas assinaram um documento de apoio ao governo democraticamente eleito do Brasil…