África Subsaariana

Guiné-Conacri: Dalein Diallo diz que “Alpha Condé só teve 39% nas urnas”

Cellou Dalein Diallo, que continua a reivindicar a vitória nas eleições presidenciais, garante que “Alpha Condé perdeu nas urnas, transformou os resultados imprimindo outras Atas e fazendo com que fossem validadas a nível das Comissões Administrativas de Centralização de Votos (CACV). Pois ele obteve apenas 39% nas urnas”, disse o autoproclamado vencedor presidencial.

Acrescentando que “guardo todos os relatórios elaborados no final da contagem nas assembleias de voto. Quando ele percebeu isso, ele fez as atas, o que lhe permitiu ser proclamado o vencedor por uma CENI às suas ordens, com 59,49%”.

“Assim que percebi que Alpha Condé estava a fabricar falsos resultados, divulguei os resultados reais que recolhemos graças a um dispositivo configurado para transmitir eletronicamente todos os resultados no meu QG”, relatou, em declarações ao TV5 Monde justificando a sua decisão de se autoproclamar o vencedor.

Segundo Dalein, “os guineenses discordam do assalto eleitoral em curso. A repressão foi selvagem e sangrenta. Alpha Condé requisitou o exército, implantou forças militares e paramilitares em bairros considerados redutos da UFDG”.

O candidato da UFDG acrescentou ainda que Alpha Condé “quer retirar todas as provas que eu guardo. É por isso que os meus escritórios e a sede da UFDG estão ocupados por militares”.

Prometendo continuar a lutar, Dalein avisou que “vamos lutar até vencer. Não há retorno”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo