África Subsaariana

Guiné-Conacri: Embaixadas da Guiné em Freetown e Londres assaltadas

Embaixada da Guiné-Conacri, Serra Leoa

Depois do assalto, no sábado, à embaixada da Guiné em Freetown, capital da Serra Leoa, provocando a morte de uma pessoa e ferimentos num polícia, também a embaixada da Guiné em Londres foi assaltada e roubados cartões de eleitor.

O ataque em Freetown ocorreu no sábado e foi perpetrado por ativistas da oposição guineense. Registou-se um morto e a destruição de cartões de eleitor. “A vítima foi confundida com um assaltante pela população. Um polícia da Serra Leoa também foi espancado pelos manifestantes, mas o seu estado de saúde permanece estável “, informou o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

No domingo, cerca das 11h45 a embaixada da Guiné em Londres foi invadida por dois indivíduos que chegaram à embaixada para, segundo eles, recuperar os seus cartões de eleitor tendo destruido mapas e diverso material das instalações. Nenhuma prisão foi feita, mas as investigações continuam.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo