África Subsaariana

Guiné-Conacri: FNDC anuncia retomada das manifestações após o fim do Ramadão

A Frente Nacional de Defesa da Constituição (FNDC) anunciou que acabará a trégua logo após o fim do Ramadão. O anúncio foi feito esta quinta-feira pelo seu diretor de estratégia em entrevista ao Grandes Gueules.

Ao contrário do que é dito na imprensa, Sékou Koundouno garante que “o FNDC saiu vitorioso” da luta contra o “golpe constitucional previsto para 22 de março passado”.

“Assistiu-se aos vários comunicados de imprensa da União Europeia, Estados Unidos, França, Alemanha, CEDEAO. Todos criticaram a natureza exclusiva e não transparente do processo eleitoral”, disse.

À medida que as prisões se multiplicam entre as suas fileiras, o FNDC diz que está “mais do que nunca determinado a manter a ordem constitucional. Não reconhecemos o documento (constituição) resultante desse golpe de estado constitucional, bem como a equipa política do RPG instalado no hemiciclo. Esta famosa constituição e a assembleia nacional de forma alguma vinculam o povo da Guiné“.

Imediatamente após o fim do Ramadão, anuncia Sékou Koundouno, “as nossas manifestações de rua serão retomadas. O FNDC suspendeu todas as atividades desde 25 de março, mas o governo continua a fazer prisões, raptos, sequestros e intimidações”.

Usaremos todos os meios legais para nos fazermos ouvir“, persiste e assina esse ativista da sociedade civil, especificando que “a partir da próxima terça-feira, serão feitos anúncios para retomar esses protestos nas ruas”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo