África Subsaariana | Europa

Guiné-Conacri: França expressa dúvidas sobre a credibilidade dos resultados eleitorais

Depois das dúvidas levantadas pela União Europeia quanto à credibilidade dos resultados da eleição presidencial na Guiné-Conacri, também a França expressou dúvidas sobre a contagem de votos que deu a vitória a Alpha Condé.

“A França tomou nota do anúncio dos resultados provisórios da primeira volta das eleições presidenciais na Guiné pela Comissão Eleitoral Nacional Independente (CENI) em 24 de outubro”, disse a porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da França, Agnès von der Mühll.

Segundo a porta-voz, a França, que já tinha manifestado a sua preocupação com o carácter não consensual dos cadernos eleitorais, partilha as “dúvidas formuladas pela União Europeia sobre a credibilidade dos resultados que devem ser resolvidos de forma transparente, no âmbito do diálogo inclusivo e o processo previsto na lei”.

Instando todos os atores guineenses a serem responsáveis e a exercerem o máximo de contenção, a responsável condenou “com firmeza a violência ocorrida” em Conacri e nas províncias após as eleições presidenciais, pedindo investigações independentes para fazer justiça às vítimas.

“A França sublinha a urgência de garantir a liberdade de circulação e expressão de todos os atores políticos e a importância de permitir o acesso aos meios de comunicação”, sublinhou durante um briefing de imprensa.

Em conjunto com os seus parceiros europeus, a França incentiva e apoia as iniciativas a serem empreendidas pelos parceiros regionais e internacionais da Guiné a favor do diálogo entre as partes e de uma rápida redução das tensões.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo