África Subsaariana

Guiné-Conacri: Magistrados terão formação antes do início do julgamento no massacre de 28 de setembro

À margem da reunião do comité diretivo para a organização do julgamento de 28 de setembro de 2009, a França ofereceu formação aos magistrados guineenses que serão responsáveis por julgar o caso do massacre no estádio de Conacri.

O representante da Embaixada da França na Guiné anunciou que o seu país está disposto dar formação aos magistrados guineenses na Escola Nacional de Magistratura.

“A França propõe a criação de cursos de formação para magistrados e funcionários. Este é um novo elemento. É em conexão com a Escola Nacional de Magistratura em Paris, que tem experiência reconhecida internacionalmente na formação de juízes e funcionários”, disse Ghislain Poissonnier.

O diplomata francês garante que a Escola Nacional de Magistratura na França é uma instituição de formação de referência.

“Esta escola formou os juízes que hoje se sentam nas câmaras extraordinárias para julgar as atrocidades na República Centro-Africana”, indicou Poissonnier, que se dirigiu à imprensa no final da reunião do comité.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo