Guiné-Conacri: Magistrados terão formação antes do início do julgamento no massacre de 28 de setembro

À margem da reunião do comité diretivo para a organização do julgamento de 28 de setembro de 2009, a França ofereceu formação aos magistrados guineenses que serão responsáveis por julgar o caso do massacre no estádio de Conacri.

O representante da Embaixada da França na Guiné anunciou que o seu país está disposto dar formação aos magistrados guineenses na Escola Nacional de Magistratura.

“A França propõe a criação de cursos de formação para magistrados e funcionários. Este é um novo elemento. É em conexão com a Escola Nacional de Magistratura em Paris, que tem experiência reconhecida internacionalmente na formação de juízes e funcionários”, disse Ghislain Poissonnier.

O diplomata francês garante que a Escola Nacional de Magistratura na França é uma instituição de formação de referência.

“Esta escola formou os juízes que hoje se sentam nas câmaras extraordinárias para julgar as atrocidades na República Centro-Africana”, indicou Poissonnier, que se dirigiu à imprensa no final da reunião do comité.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

EUA anunciam milhões em financiamento para projetos focados em tecnologia de energia das ondas

EUA anunciam milhões em financiamento para projetos focados em tecnologia de energia das ondas

O Departamento de Energia dos Estados Unidos anunciou que serão dados até 27 milhões de dólares em financiamento federal para…
Prevê-se que até ao final do século malária e dengue afetem mais de 8 biliões de pessoas

Prevê-se que até ao final do século malária e dengue afetem mais de 8 biliões de pessoas

Estima-se que 8,4 biliões de pessoas possam estar sob risco de malária e dengue até o final do século se…
Timor-Leste: Segunda fase de pagamento da Cesta Básica chega a 53 empresas

Timor-Leste: Segunda fase de pagamento da Cesta Básica chega a 53 empresas

O Ministério das Finanças de Timor-Leste realizou o pagamento da segunda fase da Cesta Básica a 53 empresas fornecedoras dos produtos alimentares da…
Cabo Verde: Ganhos na segurança alimentar ameaçados pela Covid-19

Cabo Verde: Ganhos na segurança alimentar ameaçados pela Covid-19

O ministro da Agricultura e Ambiente de Cabo Verde, Gilberto Silva, declarou que os ganhos alcançados pelo país nos últimos anos em matéria…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin