África Subsaariana

Guiné-Conacri: UFDG contesta listas eleitorais

A Comissão Eleitoral Nacional Independente (CENI) da Guiné-Conacri divulgou os dados das listas eleitorais revistas na segunda-feira. O ex-deputado Cellou Baldé, da UFDG, acredita que esse processo ainda não reflete a realidade do eleitorado.

“Tem havido disparidades enormes entre as diferentes regiões da Guiné. Quando se olha para Labé, Mamou e Boké, o total das três regiões não representam nem a metade de Kankan. Esta lista eleitoral não reflete o eleitorado guineense, não é confiável’’, declarou Baldé.

“Fizeram com que os números fossem aumentados em áreas que defendem as suas causas. Lá, as inscrições foram das 8h às 23h. Menores foram recrutados lá. Estranhamente, se verificar o número de mortos, na Alta Guiné não houve nenhum”, aponta o chefe de assuntos eleitorais da UFDG.

De acordo com o responsável, o seu partido contesta os dados do recenseamento eleitoral e promete ser ouvido. ‘’Alpha Condé é fortemente criticado. Ele é alguém que falhou miseravelmente. Durante 10 anos, ele não conseguiu atender às necessidades do povo da Guiné. Temos a convicção de que os guineenses vão penalizá-lo votando contra ele e promovendo a alternância democrática”, garante Baldé.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo