África Subsaariana | Economia

Guiné-Conacry duplica o seu orçamento de petróleo

O orçamento petrolífero de 2019 da Guiné-Conacry chegará perto de  1,2 milhão de dólares, um aumento de 50% em relação aos 550.000 dólares de 2018.

Ao apresentar o orçamento no sábado, o ministro de Hidrocarbonetos da Guiné-Conacry, Zakaria Koulibaly, observou que a Guiné compartilha a mesma bacia geológica do Senegal e da Mauritânia, que descobriram petróleo depois de passar por reformas modernizadoras nas suas políticas de promoção e exploração.

Até ao momento, o Senegal e a Mauritânia perfuraram 160 e 20 poços, respetivamente, enquanto a Guiné-Conacry perfurou apenas 3 poços nos últimos 60 anos.

O novo Ministério de Hidrocarbonetos, criado em maio, visa fortalecer a estratégia petrolífera do país tanto nos setores a montante quanto a jusante. Também está focada no fornecimento seguro e estável de produtos petrolíferos, no desenvolvimento de pesquisas onshore e offshore, no desenvolvimento do uso de gás butano em residências, na avaliação do potencial de hidrocarbonetos da Guiné-Conacry e na construção de um centro de dados sísmicos para a promoção do petróleo na Guiné.

Menos avançada do que os seus vizinhos na pesquisa de petróleo e gás, a Guiné-Conacry continua a ser um centro global de mineração. O país é o terceiro maior produtor de bauxita do mundo e conta com enormes reservas de minério de ferro, ouro e diamantes, entre outros.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo