África Subsaariana | Ásia

Índia continuará a apoiar planos de desenvolvimento da Gâmbia

O presidente da Índia, Ram Nath Kovind afirmou em conferência de imprensa na State House, que o governo está pronto para apoiar os planos de desenvolvimento da Gâmbia nas áreas de educação, energia solar, indústrias, democracia e construção.

Kovind lembrou que a Índia e a Gâmbia compartilham laços de longa data, enquanto elogiou o Presidente Barrow por promover uma maior democracia, estabilidade e construção da nação.

O presidente indiano acrescentou que foram revistas as relações bilaterais e discutidas questões globais de interesse mútuo. “Concordamos em expandir a nossa parceria para a prosperidade e o desenvolvimento dos nossos povos. Nós assinamos um memorando de entendimento e cooperação nos campos da educação e da medicina.”

O Chefe de Estado explicou que receberam instrumentos de eletrificação da aliança solar internacional, dizendo que isso abrirá novas oportunidades de colaboração entre os dois países em energia solar e ajudará a Gâmbia na mudança climática.

“Estamos empenhados em implementar uma garantia baseada em projetos de energia solar na Gâmbia. A Gâmbia está empenhada em alcançar a boa governação, responsabilização, coesão social, reconciliação nacional e revitalizar e transformar o país no plano nacional de desenvolvimento 2018-2021. Durante a nossa discussão, identificámos áreas específicas de cooperação para prestar assistência com meio milhão de dólares em apoio de desenvolvimento escolar e outros projetos industriais ”.

Kovind acrescentou que também concordaram em ter formação nos campos do judiciário, da polícia, da administração e da especialização tática, conforme o pedido e a linha das prioridades para o lado gambiano.

De acordo com o governante a Índia continua comprometida em fazer parceria com a Gâmbia no seu progresso e prosperidade, acrescentando que esperam continuar a amizade e a parceria com confiança mútua.

Adama Barrow, presidente da Gâmbia, disse que a Índia é o país com a maior democracia no mundo e no qual a Gâmbia se inspira.

“Somos novos na democracia e queremos aprender. Acho que podemos aprender com a Índia, com 900 milhões de eleitores registados, que votaram as últimas eleições na Índia e num ambiente muito pacífico. Não vejo razão para não podermos realizar eleições pacíficas nos nossos países em África, especialmente na Gâmbia, com uma população de dois milhões.”

Barrow agradeceu ao presidente Ram pela visita e afirmou seu apoio contínuo à Índia.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo