Jammeh pode ser considerado líder rebelde

A oposição política da Gâmbia afirmou ontem que caso Yaya Jammeh insista em não ceder o poder a Adama Barrow, vencedor das eleições presidenciais no final do mês, pode vir a ser considerado como um “líder rebelde”.

As declarações de Halifa Sallah, porta voz da coligação da oposição da Gâmbia, surgem dias depois de Yaya Jammeh ter referido que a presença de forças estrangeiras no país seriam o equivalente a um acto de guerra.

A CEDEAO já veio a público pedir a Jammeh para ceder o poder ao candidato vencedor das eleições presidenciais, Adama Barrow. Jammeh, no entanto, insiste com a ocorrência de irregularidades durante o processo de votação. Adama Barrow já afirmou que pretende que a sua tomada de posse decorra na data prevista, 19 de Janeiro.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde corrige alteração ao Código Penal

Cabo Verde corrige alteração ao Código Penal

O Presidente cabo-verdiano, José Maria Neves, promulgou, após o veto inicial, uma alteração ao Código Penal proposta pelo Governo. O…
ONU estima que PIB de Moçambique cresça 5%

ONU estima que PIB de Moçambique cresça 5%

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que o Produto Interno Bruto (PIB) de Moçambique cresça 5% este ano. A…
Paulo Pisco volta a ser presidente da subcomissão das diásporas

Paulo Pisco volta a ser presidente da subcomissão das diásporas

O deputado Paulo Pisco, eleito pelo círculo da Europa para atuar na Assembleia da República de Portugal, foi reeleito, por…
Guiné Equatorial mantém 51.º lugar do IIAG

Guiné Equatorial mantém 51.º lugar do IIAG

A Guiné Equatorial manteve o 51.º lugar no Índice Ibrahim de Governação Africana (IIAG) 2022, de acordo com um relatório…