Mauritânia: Oito jihadistas extraditados para o Senegal

Estão em custódia na Divisão de Investigação Criminal (DIC), oito suspeitos jihadistas, extraditados para o Senegal, após a sua detenção em Nouakchott pela administração da segurança do Estado a pedido das autoridades senegalesas, e enviados para o estabelecimento prisional de Rebeuss. Depois serão apresentados ao juíz de instrução.

Os detidos são  Lamine Coulibaly, Boubacar B. Ndiaye, Omar Keïta, Mohamed Seck, Mamadou B. Mbaye, Alpha Diallo e Beyè. Entre os detidos está também Mohamed Ndiaye, conhecido por Abu Yusuf, um jihadista suspeito de ter participado em duas acções com o Boko Haram.

No momento da detenção alguns suspeitos estavam “na posse de grandes somas de dinheiro”, e confessaram aos serviços de inteligência mauritanos que tinham frequentado campos de treino da organização Estado Islâmico na África Ocidental (ex-Boko Haram) na Nigéria.

As autoridades senegalesas estão a lutar contra o terrorismo desde outubro de 2015.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: INSS forma quadros em matéria de aposentação obrigatória

Moçambique: INSS forma quadros em matéria de aposentação obrigatória

Mais de 40 técnicos, afetos nas diferentes áreas e unidades orgânicas do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), iniciaram, esta…
Brasil: bloqueio da aplicação Telegram 

Brasil: bloqueio da aplicação Telegram 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes revogou neste domingo (20) a decisão, assinada por ele mesmo…
Moçambique: Chuvas intensas "desligam" o país ao longo da estrada EN1

Moçambique: Chuvas intensas "desligam" o país ao longo da estrada EN1

Desde o sábado passado, Moçambique está dividido, em resultado do arrastamento pelas águas das chuvas, de duas pontes ao longo…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin