África Subsaariana | Segurança

Nigéria: Dois ataques suicidas fizeram pelo menos 31 mortos no Estado de Borno

Pelo menos 31 pessoas morreram em dois ataques suicidas no Estado de Borno, no nordeste da Nigéria, informaram dois moradores no domingo, marcando o maior ataque em várias semanas numa parte do país marcada pela insurgência do Boko Haram.

Os ataques ocorreram na noite de sábado nos bairros de Shuwari e Abachari, na cidade de Damboa, no Estado de Borno, visando pessoas que vinham de celebrar o fim do ramadão.

Um funcionário do Governo local, sob anonimato, confirmou o número de mortos. “O último balanço dá conta de 31 mortos, mas pode subir, porque há muitas pessoas feridas que podem não sobreviver”, disse o funcionário, salientando que muitas pessoas foram feridas por tiros dois minutos após o duplo ataque suicida.

O ataque ainda não foi reivindicado mas tem os contornos do modo de operar do grupo jihadista Boko Haram.

Borno é o estado mais atingido pela insurgência, que tem o objetivo de criar um califado islâmico no nordeste da Nigéria. O conflito já fez mais de 30 mil mortos e mais de dois milhões de deslocados desde 2009.

O último grande ataque no nordeste do país ocorreu no início de maio, quando pelo menos 20 pessoas foram mortas no estado de Adamawa, que faz fronteira com Borno.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo