África Subsaariana | Segurança

Nigéria: Escola reabre em Dapchi depois do ataque do Boko Haram

A Escola de Ciência e Tecnologia de Dapchi, na Nigéria, reabriu apesar das preocupações com a segurança. O estabelecimento de ensino fechou em fevereiro depois do rapto de mais de 100 jovens estudantes durante o período de funcionamento das aulas.

Embora um grande número de estudantes tenha optado por se afastar da escola, cerca de 314 recomeçaram as aulas, desafiando um aviso ameaçador dos insurgentes para não retornarem à escola.

As jovens de Dapchi passaram cerca de um mês em cativeiro antes de serem libertadas. O governo declarou que a sua libertação foi fruto das negociações com o grupo rebelde.

Após a libertação das estudantes, o presidente nigeriano, Muhammadu Buhari, comprometeu-se a reforçar a segurança na parte nordeste do país, perseguida pela militância jihadista.

A região também tem sido o foco dos ataques do Boko Haram, através de atentados suicidas e ataques armados.

O rapto das meninas de Dapchi foi o segundo incidente do género depois de o Boko Haram ter invadido uma escola em Chibok, em abril de 2014, e ter raptado 276 jovens.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo