África Subsaariana

Nigéria: Surto de febre de Lassa continua a matar

As autoridades de saúde da Nigéria anunciaram a morte de uma pessoa por febre de Lassa no Hospital Nacional em Abuja, a capital do país. O anúncio foi confirmado pelo Ministro da Saúde, Professor Isaac Adewole, em comunicado assinado pela Diretora de Imprensa do Ministério Federal da Saúde, Boade Akinola.

Alegadamente, o paciente foi levado já inconsciente de um hospital privado em Kubwa, um subúrbio de Abuja, onde estava internado há 8 dias.

O Professor Isaac Adewole aconselhou a população em Abuja a estarem vigilantes e fazerem testes caso tenham sintomas de febre de Lassa – vómitos, cansaço, febre alta. Acrescentou que a auto-medicação deve ser evitada.

Até agora, a febre já matou nove pessoas no estado de Edo, desde o início do surto em novembro de 2015. De acordo com o Dr. Sylvanus Okogbenin, o diretor médico chefe do Hospital Universitário Irrua Specialist, os pacientes apresentam-se bastante tarde, daí a necessidade de sensibilização da população. Segundo ele, se os pacientes se apresentassem mais cedo, iriam receber tratamento adequado, como injeções de Ribavarin, e diálise renal – tratamentos específicos para pacientes com febre de Lassa.

Até agora, a doença viral matou 43 pessoas e foram registados 90 casos nos 10 estados do país – Bauchi, Nasarawa, Níger, Taraba, Kano, rios, Edo, Planalto, Gombe e Oyo, com Kano, Níger e Bauchi.

A população tem sido aconselhada a melhorar a sua higiene, especialmente a higiene dos alimentos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo