ONU satisfeita com evolução das negociações para a paz do Sudão do Sul

As Nações Unidas expressaram satisfação com o que parece ser um impulso nas negociações de paz do Sudão do Sul, mas ainda parece cautelosa em relação às expectativas.

Stephane Dujarric, porta-voz da ONU, declarou por email aos jornalistas, que os recentes desenvolvimentos no processo de paz no Sudão do Sul deram um novo impulso às negociações.

Dujarric referia-se à reunião da semana passada em Adis Abeba dos Chefes de Estado da Autoridade Intergovernamental para o Desenvolvimento (IGAD), bem como a reunião de segunda-feira entre o presidente Salva Kiir e o líder da oposição Riek Machar, em Cartum.

De acordo com o responsável, a ONU está satisfeita com o desenvolvimento do processo, mas salvaguardou que os relatórios ainda não foram oficialmente confirmados.

Recorde-se que um acordo de paz anterior alcançado em 2015 não conseguiu acabar com os combates e com as mortes no país mais jovem do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Ciclone Tropical GOMBE destrói e mata em Nampula

Moçambique: Ciclone Tropical GOMBE destrói e mata em Nampula

O Ciclone Tropical “GOMBE”, o terceiro fenómeno meteorológico a afectar as províncias da Zambézia, Nampula e Cabo  Delgado depois das…
Brasil: Missão de solidariedade resgata 68 refugiados da guerra na Ucrânia 

Brasil: Missão de solidariedade resgata 68 refugiados da guerra na Ucrânia 

Pousou em solo nacional na manhã desta quinta-feira (10) o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que trazia 42 brasileiros…
Moçambique conta com forças militares da África do Sul até abril

Moçambique conta com forças militares da África do Sul até abril

O Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, decidiu estender até 15 de abril o destacamento da Força Nacional de…
Timor-Leste em risco de grave crise nos preços com conflito na Ucrânia

Timor-Leste em risco de grave crise nos preços com conflito na Ucrânia

O Programa Alimentar Mundial (PAM) avisa que o conflito existente na Ucrânia pode vir a causar aumentos adicionais de preços nos produtos…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin